Semanário de idéias e literatura
  

Ação Antitética


José Antonio de Azevedo
- em 18/03/2006

Salvar a Pátria e exterminar o futuro são duas maneiras opostas de agir. Enquanto o Salvador da Pátria livra-a do perigo e estabelece a paz, o exterminador do futuro ameaça a vida com armas e implanta a guerra. São duas propostas antitéticas em que a ação de um elimina a do outro. Quem guerreia elimina a paz

Tratando-se do assunto politicamente a nação infestada de autoridades corruptas, pode eleger um governante honesto e ético que castigue os corruptores, eliminando os corruptos. Por outro lado, compromete-se com o futuro de uma nação ao relaxar a segurança, estabelecer a desordem e incentivar os atentados terroristas.

Entretanto, filosoficamente é inconcebível exterminar o futuro por lhe faltar o presente e o passado que lhe dão causas. É ilógico e só pode ter curso na mente da ficção.

No Brasil houve duas promessas de Salvadores da Pátria: o mocinho Collor do “saco roxo” e o operário Lula “retirante nordestino”. O primeiro com a bandeira de “caçador de marajás”, criou PC Faria, o maior marajá da república e foi cassado pelo Congresso. O segundo com a promessa de promover o trabalhador, está retirando deles os parcos salários para engordar banqueiros.

No âmbito global, existem dois candidatos para varrer da terra a raça humana. São eles: George Bush e Ozama Bin Laden. O primeiro assim age por egoísmo e para mostrar poder bélico e o segundo por fanatismo religioso, a fim de implantar o islamismo no mundo, através do terrorismo. Como salvador da pátria, exterminador do futuro também é uma falácia. Enquanto o homem for lobo do homem, agirá como o adolescente Alagoano e o operário pernambucano. Promete salvar a pátria para ser eleito, mas no poder, extermina com o futuro – não do tempo – porém, dos seus eleitores."



Escrito por Ícaro às 13h42
[] [envie esta mensagem]


 
  

QUEREMOS RENOVAR-NOS

Menino Jesus!
Queremos ser hoje melhor do que
ontem e amanhã superior a hoje.
Ajuda-nos

Dá-nos mostras da renovação na Natureza.
Demonstra-nos 

As árvores brotam folhas novas na primavera, 
as aves trocam as penas, os animais os pêlos. 
Todos os dias a terra se veste diferentemente: 
novas manhãs sucedem as tardes para dar lugar a jovens noites, sempre.
Renova-nos


Como tudo se renova, também nos transformaremos. 
Transfigura-nos

Deixaremos no chão a casca das imperfeições, 
criaremos asas para voar; subir, subir, subir...!
Promove-nos

Trocaremos ódio por amor, mentira por verdade, 
egoísmo por comprometimento, tristeza por alegria, 
despudor por honestidade, estupidez por inteligênca,

desumanidade por caridade, guerra por paz,

e compreenderemos a todos, sem exceção. Converte-nos

E, assim, querenos renovar-nos desde já, neste Natal.

Desejamos ser como o barro nas mãos do oleiro

Feliz Natal e Próspero Ano Novo a todos parentes e amigos. Azevedo e Elsa



Escrito por Ícaro às 10h38
[] [envie esta mensagem]


 
  

            Atendendo o pedido de uma colega e amiga, transcrevo a narração de 3 tópicos

( 9, 31, e 32) da última excursão – 22/06/2002 – que fiz à Manaus e ao Hotel de Selva Ariaú, 60 kilômetros de distância, Rio Negro acima.

            Quem gosta da natureza não pode deixar de conhecer a Floresta Amazônica e o Hotel de Selva Ariaú.

 

ASPECTO COMPORTAMENTAL DAS PESSOAS

            9-)  Nesta excursão, para ser bastante sincero, não tive as mesmas sensações que tive das duas primeiras vezes em que estive em Manaus e uma no Ariaú. Parece que tudo já me era familiar, já conhecia os pontos mais pitorescos da cidade e da floresta. Não sei esta falta de sentimento foi causada pela repetição da viagem ou pela preocupação em deixar a Neninha à vontade, ou torná-la prazeirosa em toda a viagem. As companhias também não foram assim tão agradáveis como esperávamos. Parece que, à medida que passa o tempo, as pessoas vão se desligando umas das outras. Em Manaus dava para enxergar claramente que nem mesmos os casais ou as duas irmãs ficaram ou saíram juntas. Nem mesmo a Maria Helena e a Malu estiveram tão ligadas como de outras vezes. Na Selva, sim, ficamos juntos, porque também lá não tem alternativas. Até as refeições são servidas numa mesa só por grupos de cada guia.

PASSEIOS PELA FLORESTA AMAZÔNICA

31-) Todos os nossos passeios desta visita foram mais fracos do que os da primeira, a começar pelo guia Izac que, além de dar informações contraditórias, parece que tinha preguiça de dar informações ou orientar os turistas, passando quase todo o tempo calado ou conversando outros assuntos individualmente com os turistas. Havia um casal de norte americanos no nosso grupo de 13 pessoas, e poucas vezes ele falava em inglês para os gringos. No passeio de caminhada na mata tivemos informações sobre a formiga tucandeira, a árvore do breu, a árvore do gelol, e a saia da árvore samaúma, deixando de conhecer o cipo de água e a sustentação das árvores com suas raizes horizontais e sem profundidade em virtude do solo arenoso e pouco fértil. A formiga tucandeira que servia para testar a bravura do índio jovem no sentido de poder se casar. A picada desta formiga é bastante doída e provoca até febre. Então se colocava várias formigas num saco e o índio deveria colocar o braço alí e medir quanto tempo ele aguentava. Houve experiência que provocou até morte, razão porque hoje esta prática é proibida pela FUNAI. Foi demonstrada a eficácia do leite da árvore do breu,  cujo coáculo é inflamável, e isto servia de tocha para iluminar a noite dos índios. A casca da arvore do  gelol que tem o cheiro do remédio e de sua industrialização é feito, não só o gelol, como outros medicamentos como vik vaporube. Foi mostrada ainda a casca de uma outra árvore bastante cheirosa que é utilizada na fabricação de perfumes. A saia de samaúma hoje é chamada de celular de índio, porque eles se comunicam através  de batidas nela com um pedaço de pau, cujo som é estrondoso de alcance audível a cinco quilômetros.

            32-) Na casa, ou sítio do caboclo, notei que não houve quaisquer progresso dele nestes  quase 4 anos que se passaram, pois ele continua fazendo farinha de mandioca por método bastante rudimentar, continua a carregar com um motorzinho estacionário uma bateria de carro durante o dia para assistir televisão à noite, pois prefere a televisão à iluminação ou a ter uma aparelho doméstico elétrico. Na vila de Acajatuba ou Nossa Senhora do Carmo, é assim que o povo do lugar a conhece, houve progresso no comércio de artesanato, mas regrediu no aspecto saúde, pois foi fechado o posto que havia no local. Referente à religião que da vez anterior tinha somente uma igreja católica com celebração mensal de missa, agora tem mais duas evangélicas, porém com pouca adesão do povo.  Notei que desta vez os rios estavam bem mais cheio mesmo, até encobrindo as passarelas inferior do hotel. Por falar no hotel, está quase todo em reforma, porque a partir de setembro, 70% dele está alugado por tres milhões e meio para um canal de televisão estrangeira a fim de fazerem uma filmagem durante 3 meses do tipo “no limite” da rede globo. A recepção que era nos fundos e na junção do Rio Ariaú passou a ser feita logo na entrada ou barranca do Rio Negro. Por ser o apartamento mais luxuoso a casa do Tarzan que era somente uma, agora existem mais 4, todas construídas nos mesmos moldes da anterior em cima de uma samaumeira. Por falar em apartamento, os que nós ficamos desta vez são bem inferiores aos da vez anterior, porque não têm água quente e nem ar condicionado; o tamanho é bem apertadinho. Aí eu fiquei sabendo que há apartamento de toda especificação e que os que nós ficamos são os mais inferiores. Os “casas do Tarzan”, por exemplo têm até computador com internete para o hóspede.

 Desculpem-me os erros ortográficos, pois transcrevi na íntegra como estava em meu diário de viagens

Escrito por Ícaro às 20h05
[] [envie esta mensagem]


 
  

CANCROS BRASILEIROS

 

            Nepotismo e corrupção são dois cancros que infestam os políticos brasileiros. São duas feridas que sangram a cada governo, mesmo antes da cicatrização da anterior.

            Nepotismo, para o bom entendedor, é a prática de beneficiar apadrinhados por governantes corruptos. Por sua vez, a corrupção é a arte malandra  de  se favorecer com benefícios próprios em detrimento de outros, ou de se vender por vantagens exclusiva em prejuizo de muitos. Acaba-se com o corruptor e não se tem o corrupto; porém o pior é que o primeiro sempre é o dono do poder, do mando e do dinheiro.

            O nosso pais está vivendo neste ano uma onda de frustração da maioria dos eleitores, quer pela guinada do seu Presidente que nada mudou, quer pela fanfarrice dos outros dois poderes e seus auxiliares que brincam com a miséria da maioria. Para piorar a situação aparecem, agora, os atores de quinta categoria animando uma platéia lânguida no teatro da vida. Pobre país, o Brasil! O futuro pode ainda preservar as chagas reinantes até que se apure uma raça própria nossa, pois a descendência brasileira ainda se ressente da má formação moral e da falta de ideais para a conduta humana de seus colonizadores.   

            Portanto, o Brasil, sendo um país rico em reservas naturais, fértil em sua agricultura, grande em sua extenção territorial e isento de catástrofes da natureza, teria tudo para ser um pais desenvolvido. Entretanto, seus dirigentes corruptos e nepotistas exercem o poder direcionado para seus próprios interesses, enriquecendo alguns e empobrecendo muitos.

            Gostaria de merecer a opinião de visitantes a esta redação inserida ao meu blog. Abraços. Icaro.



Escrito por Ícaro às 08h47
[] [envie esta mensagem]


 
  

 Eis aí uma bela mensagem para ser refletida. Abraços a todos.

 

DEUS É PRIMORDIAL

            Um professor, diante de sua classe de filosofia, sem dizer uma só palavra, pegou um pote de vidro, grande e vazio, e começou a enchê-lo com bolas de golf.

Em seguida, perguntou aos seus alunos se o frasco estava cheio e, imediatamente, todos disseram que sim.

            O professor então, pegou uma caixa de bolas de gude e a esvaziou dentro do pote. As bolas de gude encheram todos os vazios entre as bolas de golf.

            O professor voltou a perguntar se o frasco estava cheio e voltou a ouvir de seus alunos que sim. Em seguida, pegou uma caixa de areia e a esvaziou dentro do pote. A areia preencheu os espaços vazios que ainda restavam e ele e perguntou

novamente aos alunos, que responderam que o pote agora estava cheio.

            O professor pegou um copo de café (líquido) e o derramou sobre

o pote umedecendo a areia.

            Os estudantes riam da situação, quando o professor falou:

            "Quero que entendam que o pote de vidro representa nossas vidas.

As bolas de golf são os elementos mais importantes, como Deus, a

família e os amigos.  São com as quais nossas vidas estariam cheias e repletas de felicidade. As bolas de gude são as outras coisas que importam: o trabalho, a casa bonita, o carro novo, etc.  A areia representa todos as pequenas coisas.

            Mas se tivéssemos colocado a areia em primeiro lugar no frasco, não haveria espaço. O mesmo ocorre em nossas vidas. Se gastamos todo nosso tempo e energia com as pequenas coisas nunca teremos lugar para as coisas realmente importantes.

            Prestem atenção nas coisas que são primordiais para a sua felicidade.

Brinquem com seus filhos, saiam para se divertir com a família e com os amigos, dediquem um pouco de tempo a vocês mesmos, busquem a Deus e creiam nele, busquem o conhecimento, estudem, pratiquem seu esporte favorito...

Sempre haverá tempo para as outras coisas,

            Mas ocupem-se das bolas de golf em primeiro lugar. O resto é apenas areia.

            Um aluno se levantou e perguntou o que representava o café.

Que bom que me fizestes esta pergunta, pois o café serve apenas para demonstrar que não importa quão ocupada esteja nossa vida, sempre haverá lugar para

tomar um café com um grande amigo.

   

 

 



Escrito por Ícaro às 20h57
[] [envie esta mensagem]


 
   Estou correndo para ver se pego algum amigo, parente, ou futuros companheiros (as) de blog.

Para saberem um pouco sobre mim, aí vai um foto no meio da Floresta Amazônica. Abraços a todos.



Escrito por Ícaro às 15h44
[] [envie esta mensagem]


 
  

Cunhado, Azevedo, piloteiro e guia. Praia deserta 90KM Rio Negro acima a partir de Manaus



Escrito por Ícaro às 15h34
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIBEIRAO PRETO, O melhor da cidade, Homem, Mais de 65 anos, Portuguese, Viagens, Automóveis, Literatura

HISTÓRICO
 19/03/2006 a 25/03/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/09/2005 a 24/09/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!